.Inovação e Tecnologia

06/07/2011 · 14:31
Software livre
Fórum contou com a participação de empresas do Tecnosinos
Tamanho da Letra
Texto: Paloma Rühee


Porto Alegre foi palco, de 29/6 a 2/7, da 12ª edição Fórum Internacional Software Livre (FISL), o maior evento desse segmento na América Latina e um dos maiores do mundo. Durante quatro dias, os participantes puderam assistir a palestras, participar de fóruns, oficinas, workshops e debater questões relacionadas com o tema. O Tecnosinos também marcou presença com as empresas F1 Soluções, Defenda, Neteye, Eprojeti, Centri e Maguis.

“Tivemos uma boa visibilidade através do stand, da participação em outros projetos, como o Matéria Pública, e por conta das palestras que apresentamos. Isso permitiu que estreitássemos os laços com a comunidade de software livre, técnicos de diversos estados do Brasil e, inclusive, uma grande multinacional de TI. São contatos que precisam ser continuados, mas o retorno já é positivo”, destacou Carlos Hoffmann, líder executivo da Polis.  Para a Maguis, uma empresa que é, exclusivamente, focada em software livre, e participa do evento desde 2007, o fórum é uma excelente oportunidade para divulgar os seus produtos: o Pandorga GNU/Linux e o Magento Community. “A visibilidade que ganhamos no FISL é fundamental para a pulverização das soluções oferecidas pela Maguis. Quanto mais estados, empresas e escolas utilizarem as nossas soluções, maior é a credibilidade nos nossos serviços e produtos. Como o fórum centraliza instituições públicas e privadas, acabamos tendo um contato direto com seus diretores e executivos, aumentando o network”, destaca a diretora comercial Francine Krüger.

O amadurecimento do fórum foi um ponto aplaudido pelos participantes. “Tivemos várias palestras de um nível muito bom. Nós participamos de duas especificamente: um workshop sobre ferramentas pedagógicas, onde apresentamos o Pandorga, e de uma mesa redonda sobre como ganhar dinheiro com software livre. Já era de costume do FISL abordar tecnologias e hardwares livres, porém este ano robótica e mobile tiveram uma trilha especial. Foi abordado desde o seu uso para jogos, utilizando hardware livre, até o uso pedagógico/educacional”, comenta Francine.

Mais Notícias

21/01/2014 · 17:41
Novas parcerias
03/12/2013 · 16:52
Maior e melhor
18/10/2013 · 13:38
Primeiro contato
16/10/2013 · 13:50
Encontro de negócios
17/09/2013 · 17:06
Inovação e Produção
Buscar
Edições Anteriores
Assine a Newsletter

Voltar
Rodapé - Links