.Universidade

29/01/2014 · 18:00
Unisinos e Mãe de Deus
Movimento para criação do curso de Medicina aproxima ainda mais as instituições
Tamanho da Letra
Texto: Pâmela Oliveira
Imagens: Rodrigo W. Blum

Agora é oficial: Unisinos e Mãe de Deus são parceiras. Com quase uma década de história, o movimento de cooperação entre as instituições foi formalizado na manhã desta quarta-feira, 29 de janeiro, na sede da Associação Educadora São Carlos, mantenedora do hospital, em Caxias do Sul. Além de reconhecer o vínculo interinstitucional entre as organizações, o acordo constitui a Escola de Saúde Unisinos Mãe de Deus e dá margem a iniciativas no âmbito de saúde e educação, como o recente projeto da Graduação em Medicina.


Na ocasião da assinatura, o diretor geral do Sistema de Saúde Mãe de Deus, Dr. Cláudio Seferin, referiu-se ao termo como a soma de intenções estratégicas de duas instituições religiosas com objetivos comuns em relação à sociedade. “Nossa atuação junto à universidade vem para transformar em prática o ensino e a pesquisa na comunidade”, disse.

De acordo com o pró-reitor de administração da Unisinos, João Zani, a formalização da parceria une duas das mais importantes causas da humanidade: saúde e educação. “Vamos construir um projeto de excelência e com sustentabilidade”, afirmou. “Esse acordo sólido e viável deve potencializar a projeção das instituições tanto no Brasil, quanto no exterior.”

História de parceria

A relação de confiança entre Unisinos e Mãe de Deus não é de hoje. Graças à excelência acadêmica da universidade e às soluções humanas, científicas e tecnológicas do hospital, diversas experiências positivas se tornaram possíveis, como a promoção conjunta de cursos superiores – entre eles mestrados, especializações e MBAs – e a atuação com foco na responsabilidade social.

O movimento de cooperação entre as organizações tem quase dez anos. Desde 2005, a Unisinos e o Sistema de Saúde Mãe de Deus atuam em parceria no preparo e na formação de profissionais para o mercado de trabalho. Em 2010, as partes entraram em acordo para fomentar o ensino e a pesquisa, o que deu início à Escola de Saúde Unisinos Mãe de Deus.


Ao final de 2011, o vínculo se fortaleceu por meio de um protocolo de intenções na área do desenvolvimento de pesquisas, firmado entre o SSMD, a Unisinos e a Universidade de Salamanca. A partir de então, ampliaram-se as ações conjuntas entre as instituições, com enfoque em áreas que necessitam de pesquisas epidemiológicas em ambos os países envolvidos: Brasil e Espanha.

Com a assinatura do Acordo de Cooperação, Unisinos e Mãe de Deus se comprometem a dar continuidade a esses projetos e a instituir novos, a fim de contribuir com a qualidade de vida dos moradores de São Leopoldo, Porto Alegre e municípios vizinhos, refletindo positivamente em toda a Região Sul.

União promissora

Uma nova etapa se inicia com o Acordo de Cooperação. Na opinião da presidente do Sistema de Saúde Mãe de Deus, Ir. Lucia Boniatti, o caminho até aqui mostra o resultado do trabalho de duas organizações que souberam encontrar na sociedade globalizada o espaço para vivenciar suas respectivas missões: “Além de preparar melhores profissionais da saúde, queremos preparar o ser humano”. Segundo a irmã, entre os objetivos estratégicos dessa união, destacam-se a expansão dos serviços de saúde aos mais necessitados e o auxílio na construção de políticas públicas voltadas ao cidadão.

“Estamos confiantes”, disse a presidente da Associação Educadora São Carlos, Ir. Marilucia Bresolin, durante a celebração do contrato. “Ambas as instituições, Unisinos e Mãe de Deus, são referência em suas áreas de atuação e se propõem a cuidar da pessoa humana em sua integralidade”.

Novos projetos

Diretamente, a união da universidade com o hospital beneficiará algo em torno de 4.100 alunos da Escola de Saúde – o que compõe cerca de 14% do total de estudantes da instituição. Além disso, contemplará a atuação conjunta de 4.700 colaboradores de ambas as instituições.



Entre as principais ações do vínculo Unisinos-Mãe de Deus, encontram-se o Instituto de Doenças Crônicas Não-Transmissíveis e a Graduação em Medicina. O objetivo do instituto, que já nasce com a parceria da Universidade de Salamanca, será desenvolver tecnologias inovadoras e eficazes, com a finalidade de melhorar a qualidade de vida da população e reduzir os gastos em saúde.

O local pretende ser referência no desenvolvimento e na aplicação de tecnologias, de modo a fornecer subsídios para a elaboração de políticas públicas pautadas pelo compromisso com as demandas da sociedade. O instituto irá prever a aproximação entre pesquisa básica, pesquisa clínica e epidemiológica, além de prestar serviço em análises clínicas, contemplando exames de rotina e de alta complexidade.

Seguindo a mesma linha, a Graduação em Medicina terá como diferencial o foco na formação profissional com perfil humanista. Para a universidade, esse curso, cujo projeto foi aprovado pelo Conselho Universitário em outubro passado, será uma importante iniciativa da Escola de Saúde.

A graduação também dará ferramentas para a produção de conhecimento na academia, uma vez que a construção do futuro hospital universitário nos arredores da Unisinos, em parceria com o Sistema de Saúde Mãe de Deus, abrigará profissionais, professores e estudantes de todas as áreas de conhecimento da Escola.

Durante a solenidade, o gerente dos cursos de bacharelado da Unisinos, professor Gustavo Fischer, apresentou a proposta do curso e ressaltou que o município de São Leopoldo já foi selecionado para sediar uma graduação em Medicina. As próximas fases incluem o lançamento de edital para candidatura de universidades e a visita de verificação da infraestrutura do sistema de saúde da cidade, ambas iniciativas do Ministério da Educação.

Para o reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, a assinatura do termo foi um momento de confirmação. “Este é o início da nossa cultura de parceria. Não tenhamos medo de buscar a excelência científica ao mesmo tempo em que prestamos um serviço muito bom à sociedade humana”, concluiu.


Mais Notícias

30/05/2014 · 10:20
O arroz e a saúde
30/04/2014 · 14:36
Formação de qualidade
25/04/2014 · 15:23
Descarte consciente
27/11/2013 · 16:02
Enfermagem por todos os lados
19/11/2013 · 14:39
Mais um passo

Voltar
Rodapé - Links